Conexões: Como anda o seu capital social e sua rede profissional?

Dicas para impulsionar o seu capital social e alavancar mais oportunidades profissionais

 

Ter um currículo extenso, repleto de qualificações e especializações nem sempre é garantia de sucesso profissional. Observe que hoje, além de pensar no capital humano, que é a qualificação técnica do profissional, muitas empresas têm valorizado o capital social de seus profissionais.

Isso significa que as empresas ‘estão de olho’ no número de pessoas com as quais você estabelece conexões e relacionamentos de qualidade em prol de seus objetivos. Traduzindo: não adianta ter em mãos o melhor produto da empresa, uma vasta carteira de clientes ou o melhor currículo profissional se você esta isolado numa ilha.

Essas novas relações empresarias estão focadas no modelo H2H, human to human. Ou seja, a relação entre as pessoas é que faz os negócios, novas oportunidades e ideias acontecerem. Por isso, cada vez mais os profissionais utilizam recursos para estabelecer redes e conexões on-line, ou aumentam sua presença em eventos diversos para estabelecer novas relações de trabalho e conhecimento.

Será que você tem aproveitado todo o potencial de sua rede para aumentar o seu capital social? Veja as algumas dicas para impulsionar o seu capital social e alavancar mais oportunidades profissionais.

 

Seja empático e interativo em reuniões 

 

Como você se porta em uma reunião? Não se isole, nem seja ausente ou displicente em reuniões. Faça contato direto com as pessoas e seja receptivo aos seus comentários e pontos de interesse. Procure saber o que cada um realiza em suas áreas para poder descobrir como pode interagir com o seu trabalho e sua empresa. Após a reunião, envie e-mail a todos agradecendo pela oportunidade do encontro, pois, com certeza, você será lembrado no futuro. Faça a gestão contínua desses novos contatos e estabeleça pontos de conexão com eles, enviando algum artigo ou informativo de interesse comum que percebeu. Quando identificar quem são realmente os influenciadores importantes desse grupo para o seu negócio, nada mais simpático do que convidá-los para um café, a fim de aprofundarem assuntos comuns. 

 

Acione a sua rede de conexões e seja um influenciador 

 

Seja também um influenciador no seu grupo de contatos. Observe os pontos cegos que cada um possui (mais conhecidos como ‘buracos estruturais’) e promova conexões entre aqueles que têm negócios afins. Tornando-se um ‘elo de ligação’ entre profissionais, projetos ou produtos, você estará contribuindo para processos inovadores e se destacando como influenciador. Este será seu bônus de capital social. 

 

Seja presença constante em eventos da sua área

 

Muitas vezes olhamos um evento apenas sob a ótica de conteúdo técnico, sem perceber que o ambiente pode gerar novos contatos e conexões. Por isso, tenha um calendário anual para participar de eventos de referência em sua área. Pesquise com antecedência quais empresas e profissionais estarão presentes nos eventos para que possa efetivar contatos produtivos. Parta do princípio de que todos estarão lá com a mesma finalidade, inclusive palestrantes, e dispostos a um networking profissional. Como a maioria dos eventos é de curta duração, prepare-se para fazer um pitch de, no máximo, cinco mínimos sobre os assuntos em comuns. E não se esqueça de entrar em contato com todos em até, no máximo, uma semana após o evento, para dar continuidade à conversa inicial e colher resultados. 

 

Faça um mapeamento do seu negócio

 

É muito importante verificar quais são as temáticas que têm aproximação com seu negócio. Verticalmente, verifique quais são as relações de dependência na cadeia de custodia, ou seja, quem são seus fornecedores, distribuidores e elementos chaves que podem influenciar para chegar ao seu cliente final. Horizontalmente, verifique relações de complementariedade dos serviços ou produtos oferecidos; ou seja, é possível coligar interesses comuns em ações compartilhadas, mesmo sem influência direta sobre seus negócios. O mapeamento aprofundado pode auxiliá-lo a identificar pessoas com as quais você deve se aproximar, principalmente aquelas que podem se tornar influenciadoras para o seu negócio, catalizadoras de novas ideias e difusoras do seu conteúdo. Por isso, comece agora a identificar e mapear os envolvidos no seu processo, definindo uma gestão de relacionamento com eles. Estabeleça sempre quais são os objetivos e benefícios de uma aproximação que possa gerar resultados positivos para ambos. 

 

 

 

Para saber mais sobre Rede de Negócios, produtos e eventos promovidos pela Unidade EnRedes do CTE, fale com:
Elisa Macedoemacedo@cte.com.br - 11 2149-0300